segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

SALMO 150


Aleluia! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento, obra do seu poder.  Louvai-o pelos seus poderosos feitos; louvai-o consoante a sua muita grandeza.  Louvai-o ao som da trombeta; louvai-o com saltério e com harpa.  Louvai-o com adufes e danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flautas.  Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos retumbantes. Todo ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia! 

Comentário:

Este último salmo tanto quanto o primeiro, possuem o mesmo número de versículos (6 versos). O primeiro salmo começa com ordenações quanto ao modo de se caminhar neste mundo na presença de Deus e dos homens. E este último encerra o livro com uma convocação a se louvar ao Senhor de todas as formas possíveis. Uma vez aprendido o dever de como se deve andar na presença do Senhor é também agora não somente um dever, mas uma conseqüência deste aprendizado, que louvaremos ao Senhor de todo o nosso coração e com todas as nossas forças, não somente com os lábios, mas com instrumentos e com danças.   



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário